PADARIA DE S.ROQUE

Rua D.Pedro V, Nº57 - Lisboa
(mapa)
 
De todos os sítios de Lisboa em que tive que escolher se queria ou não, manteiga na sandes de queijo, este é de longe o mais bonito. Aliás, se a Padeira de Aljubarrota aqui tivesse trabalhado, em vez de ter andado a malhar nos castelhanos tinha inventado uma religião (que a beleza deste lugar liberta os vapores místicos da inspiração).
 
A Padaria de S.Roque também conhecida por Catedral do Pão, é um templo edificado em devoção a essas refeições divinas que fazem o prelúdio às principais, que apesar de não serem as capitais, adoçam o coração dos lisboetas. Aqui, neste palacete fundado em 1840, chegam todos os dias em gulosa romaria, gentes esfomeadas à procura de pequenos-almoços açucarados e lanches anafados.
 
Mas esperem que eu já vou contar...
 
Tudo começa numa esquina daquelas que ninguém imagina que só se tem que empurrar para entrar. Fazendo com a mão a magia, a porta cede e lá dentro não dá para acreditar... são galos, abelhas, ovos e muitas espigas, semi gargulas aborrecidas e flores bem coloridas, são colunas quase corintias, plantas viçosas, jogos de espelhos, velhos candeeiros, armários secretos e pão. Muito pão, fresquinho e quente (sagrado paradoxo que só o pão consegue).
 
A corte que aqui trabalha também é digna de atenção. Nas teclas da registadora toca orgão, há 10 anos, o Sr. Luís, da entrada guardião, no púlpito lê seu jornal o Sr.Manuel, gerente da gente, vai para mais de 5 décadas, ao altar está a simpática Dona Conceição que há pelo menos 44 anos, barra, torra e corta o pão e para acabar a equipa, nem falta sacristão, a menina Catarina já conta com 6 anos de casa, e está ali para dar uma mão.
 
Eu bem avisei que tal era a inspiração que isto era capaz de acabar em sermão. A padeira agora já só bate em Castela se forem ovos mas continua a olhar para mim com a mesma questão...

- Ouça lá, mas quer ou não, manteiga no pão?

 

Back in 1894, when people ate breakfasts like kings and queens, this place was the hot spot. We can imagine those well-dressed bread lovers rushing through the green old door, trying to get a piece of that nice and warm feeling that only fresh bread can give. More than 100 years went by and the only difference you will spot is that no one knows how to dress properly anymore, well at least to buy bread. Apart from that fact, everything remains. Padaria de S. Roque is still one of the most beautiful places in Lisbon where you can have your breakfast with that "fresh from the oven" perfume. Don´t miss it your excellency.

Adicionar novo comentário

Plain text

  • Não são permitidas tags HTML.
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.