ERVANÁRIA ROSIL

Rua da Madalena, Nº257 - Lisboa
(mapa)
 
Vesícula, cálculos renais, hipertensão e ureia. Estes são aqueles palavrões que só saem da boca dos seres humanos seniores, até porque quando alguém descobre onde fica a própria vesícula já tem o caldo entornado. Felizmente podemos contar com a Ervanária Rosil, casinha mítica fundada em 1950, com a resposta certa para tratar dos órgãos e demais peças da incrível máquina, descobertas e por descobrir. 
 
Do jovem que se perde em borracheiras e ressacas, à garota preparando o corpo para os banhos solares, passando pelo estudante estafado de tanto estudo e pelo cinquentão em busca da juventude perdida... Aqui o sujeito entra espirrando doenças e sai cantando vitaminas. A prova está no Sr. Carlos, o vendedor mais antigo da Rua da Madalena que pelo aspecto e vitalidade podia ser o mais recente.
 
A Ervanária, que começou apenas com uma pequena loja, já tem duas na mesma rua. Acabou-se a desculpa para não ter a saúde que se pede nos tchin-tchins alcoólicos. Aqui ela vem em forma de chás, ampolas, cápsulas, comprimidos e pomadas com o certificado de meio século de experiencia e felizes sucessos. Por outras palavras, não há nada que o namorado/marido mais hipocondríaco possa sentir que não encontre aqui a sua mezinha, isto sem ter que se recorrer à dita mãezinha... Também por lá se descobrem as maravilhas da flora nacional e estrangeira, deitadas em cómodas e cheirosas gavetas esperando a altura de agir em prol do rendimento intelectual e da revigoração sexual. 
 
Mas a verdadeira fama da casa vem dos cerca de 47 chás já preparados para todos os efeitos. E se o freguês sentir o embaraço em pedir ao balcäo o chá Diarreino, o Prostratil, o Hipericão do Gerês, o Pau de Arco ou mesmo o famoso Quebra-Pedras Brasileiro, só tem que decorar o catálogo e pedir o chá número 8, 9, 43, 38 ou 46 respectivamente (também pode aproveitar estes números e jogar no Totoloto, porque isto afinal, nunca se sabe).
 
Mas as surpresas não têm fim... Na Ervanária pode-se ainda comprar Saramago em saquetas para consumo erudito e demorado, algas marinhas para tomar banhos que nem sereia, alfazema para oferecer à avó e outras flores secas para bonitos arranjos. O que é preciso é ter imaginaçäo... e saúdinha...
 
...Saúdinha é que é preciso!
 
 
The portuguese called it Ervanária Rosil, but the world knows it by it's real name: The Fountain of Youth. In this small shop you will find all the magic herbs you need to get your "old" vitality back. Plus, if theres something wrong with your body or brain, they'll have the perfect tea for it. And if you want a real proof, just ask Mr. Carlos age....you will be amazed!

Comentários

Que simpatia!!!!

Adicionar novo comentário

Plain text

  • Não são permitidas tags HTML.
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.